Livros que valem a pena serem lidos

Oi bom dia, meus amores! O post de hoje tem uma novidade, foi convidado para guest post uma blogueira chamada Hanna Carolina do blog mundinhodahanna, para fazer um post  super legal para vocês meus amores. Toda segunda será abordado: livros, filmes, séries. Espero que goste, o tema será sobre 5 livros que valem a pena serem lidos.
Olá meu povo, como estamos, meu nome é Hanna e vim lá do Mundinho da Hanna já há algumas semanas, para compartilhar umas coisas bem legais com vocês. 

Hoje vamos ver cinco livros clássicos que valem a pena serem lidos em algum momento da sua vida. Vem ver!

1.Peter Pan
Peter Pan quer ser eternamente menino. Na história criada pelo escritor escocês, J.M.Barrie, e publicada pela primeira vez no início do século XX, Peter e Sininho, a fada, levam seus amigos João, Miguel e Wendy para conhecer o lugar em que vivem, a Terra do Nunca, onde o tempo não passa. Uma sucessão de aventuras espera a turma. Eles vão conhecer a aldeia dos índios e os Meninos Perdidos, se deparar com um navio pirata e ter que enfrentar o temível Capitão Gancho. Uma história cheia de emoções e mensagens.

2.Drácula
Drácula é o mais famoso vampiro da literatura moderna e contemporânea, citado no Guiness Book como o monstro fictício com maior número de aparições na mídia -- diretas ou indiretas... Publicado originalmente em 1897, com inspiração em relatos do folclore romeno (coletados por Stoker) sobre a ocorrência de nosferatus, ou mortos-vivos, e na infame saga do Príncipe Vlad III Drakulya, o filho do Dragão (ou Serpente[Drac]): Voivoda (warlord) da Valáquia e Transilvânia que lutou contra os Turcos no Século XV. |...| O romance "Drácula" definiu o arquétipo do vampiro moderno como o ser diabólico que se alimenta do sangue de suas vítimas e tem poderes extraordinários... [Wikipedia] 'Dracula is an 1897 Gothic horror novel by Irish author Bram Stoker. Famous for introducing the character of the vampire Count Dracula'.' Além da significativa influência das fontes literárias em Drácula (Lord Ruthwen, o vampiro de John Polidori; Sir Francis Varney, o vampiro de James Malcom Rymer e a Condessa Karnstein de J. Sheridan Le Fanu são os ascendentes mais prováveis).

3.O conde de monte cristo
Um clássico da literatura, que mexe com a imaginação e a sensibilidade de milhões de leitores há mais de 150 anos, ganha finalmente a edição brasileira que merece: em caixa com dois tomos, ilustrado com 170 gravuras de época e enriquecido por mais de 500 notas explicativas. O romance constrói um suspense atrás do outro, numa sequência de peripécias de tirar o fôlego - traições, denúncias anônimas, tesouros fabulosos, envenenamentos e vinganças. Publicado originalmente na forma de folhetim entre 1844 e 1846, dois anos depois já circulava em diversas línguas sob a forma de livro, numa carreira vertiginosa que só encontra paralelo na saga de Os três mosqueteiros, outro best-seller de Alexandre Dumas. O conde de Monte de Cristo volta para acertar suas contas com leitores de todo o Brasil.
"Alexandre Dumas diverte como uma lanterna mágica. ... O amor conserva a decência, o fanatismo é alegre, os massacres fazem sorrir."

4.Viagem ao centro da terra
Axel está prestes a viver a aventura de sua vida, ainda que a contragosto. Obrigado pelo tio a acompanhá-lo numa expedição ao centro do planeta, o jovem e perspicaz narrador diverte o leitor com seu bem-humorado relato da jornada, angustiado diante das excentricidades do genial professor Otto Lidenbrock e de seu impassível guia Hans. Fruto de meticulosa pesquisa, Viagem ao centro da Terra alia entretenimento a informação. Explorando culturas, cidades e mares, reconstrói a evolução do planeta e prova que nada é impossível quando se tem coragem. Pelo menos, o bastante para encarar uma inversão fascinante e, ao mesmo tempo, terrível bem debaixo de nossos pés: uma aparente semelhança revela o mais profundo estranhamento de nosso próprio mundo, colocando em xeque todo o conhecimento de uma sociedade. Mas é da destruição que surge o prazer da descoberta. A narrativa detalhada, poderosa e ritmada nos desafia a correr à internet para procurar cada lugar, checar cada informação. Até o momento em que o leitor perceberá estar como Verne queria cativado e irremediavelmente curioso, ávido por entender melhor seu mundo e a si próprio.

5.Vinte mil léguas submarinas
Axel está prestes a viver a aventura de sua vida, ainda que a contragosto. Obrigado pelo tio a acompanhá-lo numa expedição ao centro do planeta, o jovem e perspicaz narrador diverte o leitor com seu bem-humorado relato da jornada, angustiado diante das excentricidades do genial professor Otto Lidenbrock e de seu impassível guia Hans. Fruto de meticulosa pesquisa, Viagem ao centro da Terra alia entretenimento a informação. Explorando culturas, cidades e mares, reconstrói a evolução do planeta e prova que nada é impossível quando se tem coragem. Pelo menos, o bastante para encarar uma inversão fascinante e, ao mesmo tempo, terrível bem debaixo de nossos pés: uma aparente semelhança revela o mais profundo estranhamento de nosso próprio mundo, colocando em xeque todo o conhecimento de uma sociedade. Mas é da destruição que surge o prazer da descoberta. A narrativa detalhada, poderosa e ritmada nos desafia a correr à internet para procurar cada lugar, checar cada informação. Até o momento em que o leitor perceberá estar como Verne queria cativado e irremediavelmente curioso, ávido por entender melhor seu mundo e a si próprio.

Já conheciam ou já leram algum desses? Conta aí!
Bjks!

Um comentário:

  1. O conde de monte cristo é o meu preferido da vida. Livro perfeito. Agora o Drácula não consegui terminar de ler, livros em formato de diário não me chamam a atenção!!! rsrsrs Ótima seleção a sua!!

    Beijoss

    www.cocaoucerveja.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.